Campo de Petróleo Iracema (Brasil)

Fonte: Global Energy Monitor

[English]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

O Campo de Iracema é um campo de petróleo em operação no Brasil.[1]

Localização

O mapa abaixo mostra a localização aproximada do campo no Brasil.[2]

Loading map...

Detalhes do projeto

  • Situação: Em operação[1]
  • Operadora: Não declarada
  • Proprietária: Petrogal Brasil (10%); Petrobras (65%); Shell (25%)[3]
  • Empresa controladora: Galp Energia, SGPS, S.A. (10%)[4][5]; Petrobras (65%)[6]; Royal Dutch Shell (25%)[7]
  • Ano da descoberta: Não declarado
  • Ano de início de produção: 2010[1]
  • Bacia: Santos
  • Concessão/bloco: Não declarada
  • Projeto/complexo: Não declarado

Produção e reservas

Tabela 1: Produção e reservas - Campo de Iracema

Categoria Descrição do combustível Classificação da reserva Quantidade Unidades Ano dos dados
reservas petróleo reservas recuperáveis 8 300[8] milhões de barris 2010
milhões de barris = milhões de barris de petróleo

Artigos e recursos

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 "Brasil - Bloco BM-S-11". Galp. Archived from the original on May 27, 2021. Retrieved May 28, 2021.
  2. Nacional de Información de Hidrocarburos (June 2, 2021). "Nacional de Información de Hidrocarburos Mapa". Portal CNIH. Archived from the original on June 2, 2021. Retrieved May 5, 2021.
  3. "Upstream no Brasil". Galp. Archived from the original on May 27, 2021. Retrieved May 28, 2021.
  4. "Exploration & Production in Brazil – Six basins". Galp. Archived from the original on May 16, 2021. Retrieved June 14, 2021.
  5. "Organisation - Business segments". Galp. Archived from the original on May 16, 2021. Retrieved June 14, 2021.
  6. "Profile - Petrobras". Petrobras. Archived from the original on May 4, 2021. Retrieved June 14, 2021.
  7. Legal Entity Identifier (LEI) 21380068P1DRHMJ8KU70 Global Legal Entity Identifier Foundation, accessed January 2020
  8. "Petrobras batiza campo de Tupi como Lula e declara comercialidade". Economia - Negócios. December 29, 2010. Archived from the original on March 14, 2021. Retrieved May 28, 2021.