Usina Termelétrica STP (Substituição Tecnológica Piratininga)

Fonte: Global Energy Monitor

[English][español]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

A Usina Termelétrica STP (Substituição Tecnológica Piratininga) é uma usina elétrica a gás de 3231 megawatt (MW) proposta no estado de São Paulo, Brasil.

Localização

O mapa abaixo mostra a localização aproximada da usina em São Paulo (estado de São Paulo), Brasil.

Loading map...

Detalhes do projeto

  • Patrocinadora: Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A.[1][2]
  • Empresa controladora: Eletrobras (39%), Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (39%), Outros (22%)[3]
  • Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
  • Coordenadas aproximadas: -23.6985, -46.6809[1][4][5]
  • Capacidade de geração bruta (anunciada): 3231 MW
    • Unidade I: Unidade de ciclo combinado[5][6][7] movida a gás[1][4], 1737 MW[1][6] ano de início não disponível
    • Unidade II: Unidade de ciclo combinado[5][6][7] movida a gás[1][4], 819 MW[1][6] ano de início não disponível
    • Unidade III: Unidade de tecnologia desconhecida movida a gás[1][4], 675 MW[8][9] ano de início não disponível

Antecedentes

O relatório de impacto ambiental do projeto STP, lançado em 2019, incluía planos para uma subestação compacta, um cabo de energia subterrâneo, uma linha de transmissão e outras estruturas de apoio.[1] Em julho de 2019, o CONSEMA (Conselho Estadual do Meio Ambiente) aprovou o relatório de impacto ambiental e concedeu licença prévia para a Unidade 1 (1.736,8 MW) e a Unidade 2 (818,9 MW), o que permitiu a participação das duas unidades nos leilões nacionais de energia.[1][10] No entanto, devido à pandemia de Covid-19, os leilões foram suspensos até 2021.[10]

A patrocinadora do projeto, EMEA, continua a mencionar as unidades 1 e 2 como projetos viáveis em seus relatórios trimestrais[2][10][11], mas não há evidências de progresso em nenhuma das unidades desde 2019, e os relatórios mais recentes da EMEA afirmam que há pouca esperança de desenvolvê-los no curto prazo.[10]

ANEEL, a autoridade brasileira de eletricidade, também documentou uma terceira unidade de 675 MW conhecida como STP III. Embora esta unidade não tenha sido mencionada no relatório de impacto ambiental de julho de 2019[1] ou nos relatórios trimestrais mais recentes da EMAE[11], ela foi listada como participante dos leilões nacionais de energia de dezembro de 2021[12] e continuou a aparecer no banco de dados de projetos ativos da ANEEL a partir de novembro de 2022.[13]

Artigos e recursos

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7 1.8 1.9 "EIA/RIMA do Empreendimento "Substituição Tecnológica das Unidades 1 e 2 da Usina Termelétrica Piratininga – UTE STP"" (PDF). Governo do Estado - São Paulo. July 24, 2019. Archived (PDF) from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  2. 2.0 2.1 "Resultados do 1º Trimestre de 2021" (PDF). EMAE – Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. April 20, 2021.
  3. "Composição acionária". EMAE (Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A.). Retrieved 2022-11-30.
  4. 4.0 4.1 4.2 4.3 "Sistema de Informações Georreferenciadas do Setor Elétrico (SIGEL)". Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL, Brazilian Electricity Regulatory Agency). Archived from the original on April 9, 2020. Retrieved May 7, 2021.
  5. 5.0 5.1 5.2 "Deliberação CBH-AT n° 74 de 24 de julho de 2019 (p 7)" (PDF). Sistema Integrado de Gerenciamento de Recursos Hidricos do Estado de Sao Paulo. July 24, 2019. Archived (PDF) from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  6. 6.0 6.1 6.2 6.3 "Termelétrica Piratininga Recebe Licença para Fazer Substituição Tecnológica". PetroNotícias. July 31, 2019.
  7. 7.0 7.1 "CONSEMA aprova viabilidade ambiental de empreendimento da EMAE". EMAE - Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. August 6, 2019.
  8. "Garantia Física de Empreendimentos Termelétricos - Leilão de Reserva de Capacidade de 2021 (p 16)" (PDF). EPE. November 2021.
  9. "Emae pede outorga para UTE a gás natural em SP; DROs somam mais de 4 GW nesta quinta". MegaWhat. December 23, 2021.
  10. 10.0 10.1 10.2 10.3 "Resultados do 2º Trimestre de 2022 (p 27)". EMAE – Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. June 30, 2022.
  11. 11.0 11.1 "Central de resultados". EMAE. Retrieved 2022-11-30.
  12. "Diário Oficial União – 07/12/2021". ABRAPCH. 2021-12-07.
  13. "SIGA (Sistema de Informações de Geração da ANEEL)". ANEEL. Retrieved 2022-04-01.