Usina Termelétrica Seival

From Global Energy Monitor

UTE Seival foi uma usina a carvão proposta de 600 megawatts (MW) em Candiota, Rio Grande do Sul, Brasil.

Localização

O mapa abaixo mostra Candiota, onde a usina teria sido construída.

Loading map...

Histórico

O projeto Seival foi iniciado pela Tractebel Energia SA, depois adquirido pela MPX Energia SA (posteriormente renomeada para Eneva) em novembro de 2010. O projeto, a ser abastecido com carvão da Mina do Seival, já recebeu a sua licença de instalação.[1]

A Eneva originalmente planejava cadastrar a usina de Seival no leilão nacional de energia em dezembro de 2013, mas optou por desistir devido aos preços baixos de energia.[2]

Em setembro de 2014, a Eneva renovou a sua licença para o projeto Seival[3], e em novembro de 2014, um aumento nos preços da energia incentivou a Eneva a cadastrar o projeto Seival no leilão nacional de energia[4][5], embora Seival tenha finalmente perdido na licitação para a Usina Termelétrica Pampa Sul.[6]

O projeto Seival se cadastrou novamente como participante do leilão de energia A-5 em abril de 2015[7], mas foi preterido em favor de projetos de energia movidos a gás natural e a biomassa.[8]

Em maio de 2019, a Copelmi adquiriu os direitos para desenvolver os projetos de energia da Eneva em Candiota, incluindo a UTE Seival. Roberto Faria, o diretor de novos negócios da Copelmi, observou que a licença ambiental anterior do projeto Seival já havia expirado e anunciou que a Copelmi prosseguiria com o desenvolvimento de outro projeto da Eneva, a UTE Sul (a ser renomeada UTE Nova Seival).[9] Não houve notícias subseqüentes sobre o projeto Seival e ele parece ter sido cancelado.

Detalhes do Projeto

  • Patrocinador: Eneva
  • Empresa-mãe: MPX Energia SA, E.ON
  • Localização: Candiota, Rio Grande do Sul, Brazil
  • Coordenadas aproximadas: -31.45444444, -53.74638889
  • Estado:
    • Unidade 1: Cancelada
    • Unidade 2: Cancelada
  • Capacidade Bruta: 600 MW
    • Unidade 1: 300 MW
    • Unidade 2: 300 MW
  • Tipo: Leito fluidizado circulante
  • Tipo de carvão:
  • Fonte de carvão: Mina do Seival
  • Fonte de financiamento:

Artigos e Recursos

Referências

  1. "MPX finaliza compra da Seival". Exame. 2011-06-07.
  2. "Uma luz para o carvão: leilão renova chances de projetos de R$ 12,7 bilhões saírem do papel". GZH. 2013-08-24.
  3. "Usinas térmicas pedem prazo para evitar repetição de crise,", Epoca Negocios, September 18, 2014.
  4. "Carvão Mineral tem quatro projetos inscritos para o leilão de energia A-5,", SieceSC, July 1, 2014.
  5. "Duas usinas da região concorrem no leilão A-5". Jornal Minuano. August 28, 2014.
  6. "Confirmada nova usina em Candiota". Jornal Minuano. November 29, 2014.
  7. "Leilão A-5 2015 cadastra 19.826 MW em novos projetos de energia, diz EPE". Reuters. 2015-02-05.
  8. "Homologado resultado do primeiro Leilão A-5 de 2015 - Agência Nacional de Energia Elétrica". ANEEL. July 28, 2015.
  9. "Copelmi busca licença ambiental para concorrer em leilão de energia de setembro". Jornal Minuano. May 10, 2019.

Artigos relacionados de SourceWatch

Fontes externas