Usina Termelétrica Seival

Fonte: Global Energy Monitor

UTE Seival foi uma usina a carvão proposta de 600 megawatts (MW) em Candiota, Rio Grande do Sul, Brasil.

Localização

O mapa abaixo mostra Candiota, onde a usina teria sido construída.

Loading map...

Histórico

O projeto Seival foi iniciado pela Tractebel Energia SA, depois adquirido pela MPX Energia SA (posteriormente renomeada para Eneva) em novembro de 2010. O projeto, a ser abastecido com carvão da Mina do Seival, já recebeu a sua licença de instalação.[1]

A Eneva originalmente planejava cadastrar a usina de Seival no leilão nacional de energia em dezembro de 2013, mas optou por desistir devido aos preços baixos de energia.[2]

Em setembro de 2014, a Eneva renovou a sua licença para o projeto Seival[3], e em novembro de 2014, um aumento nos preços da energia incentivou a Eneva a cadastrar o projeto Seival no leilão nacional de energia[4][5], embora Seival tenha finalmente perdido na licitação para a Usina Termelétrica Pampa Sul.[6]

O projeto Seival se cadastrou novamente como participante do leilão de energia A-5 em abril de 2015[7], mas foi preterido em favor de projetos de energia movidos a gás natural e a biomassa.[8]

Em maio de 2019, a Copelmi adquiriu os direitos para desenvolver os projetos de energia da Eneva em Candiota, incluindo a UTE Seival. Roberto Faria, o diretor de novos negócios da Copelmi, observou que a licença ambiental anterior do projeto Seival já havia expirado e anunciou que a Copelmi prosseguiria com o desenvolvimento de outro projeto da Eneva, a UTE Sul (a ser renomeada UTE Nova Seival).[9] Não houve notícias subseqüentes sobre o projeto Seival e ele parece ter sido cancelado.

Detalhes do projeto

  • Patrocinador: Eneva
  • Empresa-mãe: MPX Energia SA, E.ON
  • Localização: Candiota, Rio Grande do Sul, Brazil
  • Coordenadas aproximadas: -31.45444444, -53.74638889
  • Estado:
    • Unidade 1: Cancelada
    • Unidade 2: Cancelada
  • Capacidade Bruta: 600 MW
    • Unidade 1: 300 MW
    • Unidade 2: 300 MW
  • Tipo: Leito fluidizado circulante
  • Tipo de carvão:
  • Fonte de carvão: Mina do Seival
  • Fonte de financiamento:

Referências

  1. "MPX finaliza compra da Seival". Exame. 2011-06-07.
  2. "Uma luz para o carvão: leilão renova chances de projetos de R$ 12,7 bilhões saírem do papel". GZH. 2013-08-24.
  3. "Usinas térmicas pedem prazo para evitar repetição de crise,", Epoca Negocios, September 18, 2014.
  4. "Carvão Mineral tem quatro projetos inscritos para o leilão de energia A-5,", SieceSC, July 1, 2014.
  5. "Duas usinas da região concorrem no leilão A-5". Jornal Minuano. August 28, 2014.
  6. "Confirmada nova usina em Candiota". Jornal Minuano. November 29, 2014.
  7. "Leilão A-5 2015 cadastra 19.826 MW em novos projetos de energia, diz EPE". Reuters. 2015-02-05.
  8. "Homologado resultado do primeiro Leilão A-5 de 2015 - Agência Nacional de Energia Elétrica". ANEEL. July 28, 2015.
  9. "Copelmi busca licença ambiental para concorrer em leilão de energia de setembro". Jornal Minuano. May 10, 2019.