Usina Termelétrica GNA I

Fonte: Global Energy Monitor

[English][español]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

A Usina Termelétrica GNA I (também conhecida como a Usina Termelétrica Novo Tempo GNA I e a Usina Termelétrica Cajueiros) é uma usina elétrica a gás de 1338 megawatt (MW) em operação no estado do Rio de Janeiro, Brasil.

Localização

O mapa abaixo mostra a localização exata da usina em São João da Barra (estado do Rio de Janeiro), Brasil.

Loading map...

Detalhes do projeto

  • Patrocinadora: Gás Natural Açu Ltda., SPIC Brasil[1][2]
  • Empresa controladora: Prumo Logistica S.A. ; BP plc ; Siemens AG, SPIC[2][3]
  • Localização: São João da Barra, Rio de Janeiro, Brasil
  • Coordenadas exatas: -21.8448, -41.0166[1][4]
  • Capacidade de geração bruta (em operação)[5]: 1338 MW
    • Unidade 1: Unidade de ciclo combinado[6] movida a gás[1], 1338 MW[6] (ano de inicio 2021)[1][6][7]

Antecedentes

A usina GNA I iniciou suas operações comerciais em setembro de 2021[8], tornando-se a segunda maior usina termoelétrica a gás natural do Brasil.[5] De acordo com o site da Gás Natural Açu, a UTE GNA I é composta por 3 turbinas a gás e 1 turbina a vapor que geram 1,3 GW em ciclo combinado.[6] A energia é conectada ao SIN – Sistema Interligado Nacional – por meio de uma Linha de Transmissão de 345 kV de 52 km de extensão, na subestação de Campos dos Goytacazes.[6]

Artigos e recursos

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 1.3 "Sistema de Informações de Geração da ANEEL - SIGA". Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL, Brazilian Electricity Regulatory Agency). Archived from the original on April 9, 2020. Retrieved May 7, 2021.
  2. 2.0 2.1 "China's SPIC buys into Brazilian LNG power project". Offshore Energy. August 12, 2020.
  3. "Gás Natural Açu". Prumo Logistica. Archived from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  4. Google Maps
  5. 5.0 5.1 "Segunda maior termelétrica do Brasil entra em operação comercial no RJ". CanalEnergia. September 15, 2021.
  6. 6.0 6.1 6.2 6.3 6.4 "UTE GNA I". Gna. Archived from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  7. "Terminais de GNL no Brasil, CICLO 2019-2020" (PDF). Empresa de Pesquisa Energética. October 31, 2020. Archived (PDF) from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  8. "Brazil's $1 bln LNG-fueled GNA I power project gets commercial operation green light". Nasdaq. September 17, 2021.