Gasoduto Cruz del Sur

Fonte: Global Energy Monitor

[English] [español]

This article is part of the Global Fossil Infrastructure Tracker, a project of Global Energy Monitor.
Sub-articles:

O Gasoduto Cruz del Sur, também conhecido como Gasoduto Cruz do Sul, é um gasoduto que corre entre a Argentina e o Uruguai.[1]

Localização

O gasoduto se estende desde Punta Lara, Argentina até Colonia del Sacramento e Montevideo, Uruguai.[2]

Loading map...

Detalhes do Projeto

  • Donos: BG Netherlands (40%), Pan American Energy (30%), ANCAP (20%), Wintershall (10%)[3]
  • Capacidade atual: 1,8 bilhões de m³/ano
  • Comprimento: 215 km / 134 milhas
  • Estado: Operativo
  • Ano de Inauguração: 2002

Contexto

A construção do gasoduto começou em março de 2001. Foi inaugurado em Montevideo a 29 de novembro de 2002 pelos presidentes Jorge Batlle Ibáñez do Uruguai e Eduardo Duhalde da Argentina. O gasoduto tem 215 quilômetros de comprimento, com uma capacidade anual de 1,8 bilhões de metros cúbicos de gás. O custo do projeto foi de US$150 milhões. O trecho submarino entre Punta Lara (Argentina) e Santa Ana (Uruguai) tem um comprimento de 57 quilômetros y um diâmetro de 24 polegadas (610 mm), com uma pressão máxima de 95 bar (9,500 kPa). O trecho uruguaio tem um comprimento de 145 quilômetros com uma pressão máxima de 80 bar (8,000 kPa). O gás natural para o gasoduto é fornecido pelos campos de gás da Bacia de Neuquén na Argentina.

Foi proposto estender o gasoduto até o Rio Grande do Sul no Brasil. O ramal começaría em Colonia, Uruguai e terminaría em Porto Alegre, com 415 quilômetros de tubagens no lado uruguayo e 505 quilômetros no lado brasileiro. No Rio Grande do Sul, esse ramal se conectaría com o gasoduto GASBOL.[1]

Durante 2020, o gasoduto registrou perdas de US $ 1,1 milhão de acordo com a Ancap.[4]

Recursos

Referências

  1. 1.0 1.1 "Cruz del Sur pipeline". Wikipedia.
  2. "Gasoducto Cruz del Sur". Gasoducto Cruz del Sur. Retrieved 2021-05-14.
  3. "Gasoducto Cruz del Sur". ANCAP.
  4. ElPais. "Ancap volvió a perder tras cuatro años de ganancias, ¿qué estuvo detrás?". Diario EL PAIS Uruguay (in español). Retrieved 2021-07-15.

Artigos relacionados de SourceWatch

Recursos externos

Artigos externos