Gasoduto do Brasil Central

Fonte: Global Energy Monitor

[English]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

O Gasoduto do Brasil Central é um projeto de gasoduto de gás natural no Brasil.

Localização

O gasoduto iria de um entroncamento com a Gasbol Gas Pipeline em São Carlos, no interior de São Paulo, até o Recanto das Emas, próximo a Brasília. Outras cidades ao longo do percurso projetado de 905 quilômetros do gasoduto incluem Ribeirão Preto, Uberaba, Uberlândia, Itumbiara, Goiânia, Caldazinha e Silvânia.[1][2]

Loading map...

Detalhes do projeto

  • Operadora: TGBC (Transportadora de Gás Brasil Central)[1]
  • Empresa(s) controladora(s): TGBC (Transportadora de Gás Brasil Central)[1]
  • Capacidade: 3,75 MMcm/d (132 MMcf/d)[1]
  • Comprimento: 905 km / 562 milhas[1]
  • Diâmetro: 14 polegadas[1]
  • Situação: Proposta
  • Ano de início: 2025[3][4]

Histórico

O Gasoduto do Brasil Central foi originalmente concebido no final da década de 1990 como uma extensão do Gasoduto GASBOL ao norte, projetado para transportar gás natural boliviano importado para o norte do pólo da Gasbol em São Carlos para a capital do Brasil, Brasília. A patrocinadora, TGBC, começou a buscar licenças para o gasoduto em 2008[5][6], e o órgão ambiental brasileiro IBAMA emitiu uma licença ambiental para o projeto em 2013.[2] Mas, de acordo com a situação em 2019, o gasoduto ainda estava no projeto.

Em setembro de 2019, funcionários do governo que representam o Distrito Federal do Brasil anunciaram a existência de planos para assinar um acordo com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico do Brasil) para construir o gasoduto que foi postergado.[7] Em novembro de 2019, o TGBC indicou que estava buscando a renovação das licenças para o gasoduto com a meta de iniciar a construção em 2021 ou 2022 e ter o projeto comissionado até 2025.[3] Em agosto de 2020, a empresa reiterou seu compromisso com o desenvolvimento do gasoduto, ao mesmo tempo em que observou que a pandemia de coronavírus pode representar obstáculos ao seu cronograma original.[4]

Artigos e recursos

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 "Traçado do Gasoduto Brasil Central". TGBC - Transportadora de Gás Brasil Central S/A. Retrieved 2020-10-29.
  2. 2.0 2.1 "Ibama autoriza obras do Gasoduto Brasil Central". GasNet. December 5, 2013.
  3. 3.0 3.1 "TGBC quer gasoduto Brasil Central 100% operacional em 2025". Energia Hoje. November 29, 2019.
  4. 4.0 4.1 "Empresa planeja gasoduto para 2025, mas pandemia é obstáculo". Jornal da Manhã. August 5, 2020.
  5. "RELAÇÃO DOS GASODUTOS DE TRANSPORTE AUTORIZADOS (AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÃO)" (PDF). ANP. May 23, 2011.
  6. "Processo de Outorga de Gasodutos". MME (Ministério de Minas e Energia) & ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). November 29, 2011.
  7. "Governo do DF quer construir gasoduto ligando Brasília a São Paulo". Agência Infra. September 3, 2019.