Usina Termelétrica GNA II

Fonte: Global Energy Monitor

[English][español]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

A Usina Termelétrica GNA II (também conhecida como a Usina Termelétrica Novo Tempo GNA II e a Usina Termelétrica Grussai) é uma usina elétrica a gás de 1672 megawatt (MW) em construção no estado do Rio de Janeiro, Brasil.

Localização

O mapa abaixo mostra a localização exata da usina em São João da Barra (estado do Rio de Janeiro), Brasil.

Loading map...

Detalhes do projeto

  • Patrocinadora: Gás Natural Açu Ltda (67%), SPIC Brasil (33%)[1][2][3][4]
  • Empresa controladora: Prumo Logistica S.A. ; BP plc ; Siemens AG, SPIC[4][5]
  • Localização: São João da Barra, Rio de Janeiro, Brasil
  • Coordenadas exatas: -21.8415, -41.0139[3][6]
  • Capacidade de geração bruta (em construção[7][8]): 1672 MW

Antecedentes

De acordo com o site da Gás Natural Açu, a UTE GNA II será composta por 3 turbinas a gás e 1 turbina a vapor (todas de Siemens) que gerão 1,6 GW em ciclo combinado.[9] A usina se conectará com SIN através de uma linha de transmissão de 500 kV.[9]

O gás para a usina será fornecido pela Terminal de GNL do Porto do Açu, uma unidade flutuante de armazenamento e regaseificação no vizinho Porto do Açu, que entrou em operação comercial em 2021. Prevê-se que a FSRU, juntamente com as usinas GNA I e GNA II, constituam o maior e mais eficiente complexo de GNL para energia da América Latina.[12]

Em novembro de 2021, a Siemens informou que a construção da usina já estava em andamento.[12] A usina teve sua cerimônia oficial de inauguração em janeiro de 2022[7], e em fevereiro de 2022 o Grupo Sener anunciou que forneceria todos os serviços de engenharia necessários.[13]

Artigos e recursos

Referências

  1. "Prumo, bp e Siemens concluem acordo com a SPIC para participação em projetos de energia e infraestrutura no Brasil". Porto do Açu. February 1, 2021.
  2. "Prumo, bp and Siemens close agreement with SPIC to participate in energy infrastructure projects in Brazil" (PDF). GNA. February 1, 2021. line feed character in |title= at position 43 (help)
  3. 3.0 3.1 3.2 "Sistema de Informações Georreferenciadas do Setor Elétrico (SIGEL)". Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL, Brazilian Electricity Regulatory Agency). Archived from the original on April 9, 2020. Retrieved May 7, 2021.
  4. 4.0 4.1 "China's SPIC buys into Brazilian LNG power project". Offshore Energy. August 12, 2020.
  5. "Gás Natural Açu". Prumo Logistica. Archived from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  6. Google Maps
  7. 7.0 7.1 7.2 "Governo lança pedra fundamental da UTE GNA II". CanalEnergia. January 31, 2022.
  8. "Sistema de Informações de Geração da ANEEL - SIGA". Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL, Brazilian Electricity Regulatory Agency). Archived from the original on April 9, 2020. Retrieved November 29, 2022.
  9. 9.0 9.1 9.2 9.3 9.4 "UTE GNA II". Gna. Archived from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  10. "GNA starts commercial operations of its first power plant at Port of Açu (RJ)". Prumo Logística. September 16, 2021.
  11. "Terminais de GNL no Brasil, CICLO 2019-2020" (PDF). Empresa de Pesquisa Energética. October 31, 2020. Archived (PDF) from the original on May 3, 2021. Retrieved May 4, 2021.
  12. 12.0 12.1 "Siemens Energy secures major order for the largest LNG-to-power complex in Latin America". Siemens Energy. November 23, 2021.
  13. "SENER wins the contract for the basic and detailed engineering of the GNA II combined cycle power plant in Brazil". SENER. February 16, 2022.