Perfil energético – Honduras

Fonte: Global Energy Monitor

[English][español]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

Matriz de combustível (combustíveis fósseis versus renováveis)

Cerca de metade do fornecimento total de energia de Honduras vem de petróleo importado (50,83% em 2018), com o restante consistindo de biocombustíveis (37,35%) e outras energias renováveis, incluindo solar, eólica e hídrica.[1] Ainda em 2012, 70% da eletricidade era proveniente de combustíveis fósseis, mas as energias renováveis agora respondem por mais da metade da geração elétrica total.[2][3]

Metas de emissões de gases de efeito estufa

A Contribuição Nacionalmente Determinada inicial de Honduras exigia uma redução de 15% nas emissões de gases de efeito estufa em comparação com o “business as usual” entre 2015 e 2030.[4][5] Sua primeira atualização do NDC, divulgada em maio de 2021, elevou essa meta para 16%, com 9% a serem fornecidos pelo setor de energia.[6]

Agências governamentais de energia

Ministério nacional de energia

O MIAMBIENTE (Secretaría de Energía, Recursos Naturales, Ambiente y Minas) é responsável pela formulação, coordenação e avaliação de recursos hidrológicos, novos recursos energéticos, energias renováveis e prospecção e exploração de energia.

A DGE (Dirección General de Energía Renovable y Eficiencia Energetica) é responsável pelo desenvolvimento e uso eficiente de energias renováveis de forma a operarem em harmonia com o meio ambiente.

Agências licenciadoras e regulatórias

O SINAPH (Sistema Nacional de Áreas Protegidas de Honduras) autoriza as licenças após as avaliações de impacto ambiental.[7]

O setor de mineração de Honduras é regulamentado pelo INHGEOMIN (Instituto Hondureño de Geología y Minas), que também concede licenças de mineração.[8]

Empresas concessionárias de energia elétrica

A ENEE (Empresa Nacional de Energia Electrica) é responsável pela produção, distribuição e operação da rede elétrica nacional.[9]

OES (Oficina de Electrificación Social, Escritório de Eletrificação Social) supervisiona os planos de eletrificação para a zona rural de Honduras.[10]

Companhia petrolífera nacional

Honduras não tem uma companhia nacional de petróleo.

Dados de emprego do setor de energia

Em 2018, as indústrias extrativas em Honduras empregavam 4.090 pessoas.[11]

Uso de eletricidade

Capacidade instalada

Em 2019, a capacidade de geração instalada de Honduras era de 2.830 MW. Os combustíveis fósseis representaram 38,5% da capacidade, seguidos pelas energias hídrica (25,8%), solar (18,2%), eólica (8,4%), biomassa (7,8%) e geotérmica (1,2%).[3]

Produção

Honduras produziu, em 2019, 10.535 GWh de energia elétrica, proveniente principalmente de combustíveis fósseis (47,4%), energia hidrelétrica (23,1%) e solar (10,6%).[3]

Demanda

A demanda de energia elétrica foi de 1560 MW em 2017.[12]

Consumo

Honduras consumiu 7,22 bilhões de kWh em 2016.[13]

Carvão em Honduras

Honduras não produz carvão e é dependente de importações.[14] Os hondurenhos consumiram 180.779 toneladas de carvão em 2016, aproximadamente 19.500 pés cúbicos de carvão per capita por ano.[15]

Petróleo e gás natural em Honduras

Honduras não produz petróleo ou gás.[14] O país importa principalmente óleos combustíveis, lubrificantes, gasolina e outros produtos petrolíferos dos EUA e do México.[16] Honduras consumiu 58.000 barris de petróleo/dia, aproximadamente 0,26 galões per capita (dados de 2016).[17]

Na última década, foram desenvolvidos projetos de petróleo em alto mar em Honduras.[18] Projetos de gasodutos para transportar petróleo e gás dos Estados Unidos e do México para a América Central também estão sendo considerados, o que poderia incluir um terminal de GNL em Honduras.[19]

Energia renovável em Honduras

Honduras é líder regional em energia solar, com cerca de 11% da eletricidade tendo sido fornecida por energia fotovoltaica em 2018 e 2019.[2][3] O país ficou em primeiro lugar na América Central em capacidade solar instalada (em 2016) e em terceiro na América Latina, atrás do Chile e do México.[2] O objetivo de Honduras é que 80% de sua matriz energética seja de fontes renováveis até 2038.[12]

Ferro e aço em Honduras

Honduras é produtor e exportador de óxido de ferro[20], com planos de se tornar o primeiro exportador de minério de ferro em pelotas da América Central em 2021.[21][22] As minas de ferro em Honduras foram associadas a violações dos direitos humanos e a danos ecológicos.[23][11][24] Os residentes locais ainda resistiam, em 2019, a uma mina de óxido de ferro situada no Parque Nacional Montaña de Botaderos, patrocinada pela US Nucor Corporation.[11] A Aceros Alfa é a principal siderúrgica em Honduras, com um laminadora atualizada recentemente em San Pedro Sula.[11][25]

Impactos ambientais e sociais da energia em Honduras

Honduras é muito vulnerável aos impactos das mudanças climáticas, incluindo secas, enchentes, tempestades, aumento do nível do mar, furacões mais fortes e quebra de safra.[26]

  1. "IEA Policies and Measures Database © OECD/IEA". IEA. Retrieved 2021-06-04.
  2. 2.0 2.1 2.2 "Solar energy: The revolution spurring development in Honduras – IDB Invest". idbinvest.org. Retrieved 2021-05-17.
  3. 3.0 3.1 3.2 3.3 "Panorama Energético de América Latina y el Caribe 2020". OLADE. November 27, 2020.
  4. "Contribución Prevista y Determinada a Nivel Nacional: INDC-Honduras" (PDF). Gobierno de la República de Honduras. September 2015.
  5. "How climate change affects the Honduran economy – Energy Transition". Energy Transition. 2019-03-07. Retrieved 2021-05-17.
  6. "Actualización de la Contribución Nacional Determinada de Honduras" (PDF). Gobierno de la República de Honduras. May 2021.
  7. "Sistema Nacional de Áreas Protegidas y Vida Silvestre de Honduras (SINAPH)". MOCAPH. March 14, 2012.
  8. "2014 Honduras EITI Report". Extractive Industries Transparency Initiative. October 31, 2016.
  9. "Honduras Energy Situation - energypedia.info". energypedia.info. Retrieved 2021-05-17.
  10. Super User. "Electrificacion Rural". www.enee.hn (in español). Retrieved 2021-05-18.
  11. 11.0 11.1 11.2 11.3 "The hidden connection between a U.S. steel company and the controversial Los Pinares mine in Honduras - IWMF". Retrieved 2021-05-18.
  12. 12.0 12.1 "Session IV: Accelerating Renewables Deployment in Regional Electricity Market in Honduras" (PDF). IRENA. May 23, 2018.
  13. "Honduras Energy Profile". www.indexmundi.com. Retrieved 2021-05-17.
  14. 14.0 14.1 "International - U.S. Energy Information Administration (EIA)". www.eia.gov. Retrieved 2021-05-17.
  15. "Honduras Coal Reserves and Consumption Statistics - Worldometer". www.worldometers.info. Retrieved 2021-05-18.
  16. iContainers (2020-03-30). "Honduras´ main exports and imports – iContainers". iContainers. Retrieved 2021-05-18.
  17. "Honduras Oil Reserves, Production and Consumption Statistics - Worldometer". www.worldometers.info. Retrieved 2021-05-18.
  18. "BG offered exploration concession offshore Honduras". Offshore Magazine. May 2, 2013.
  19. "Mexico, Guatemala, Honduras, El Salvador envision gas pipeline to bolster economic development". S&P Global Platts. May 20, 2019.
  20. "Mina hondureña comienza a exportar óxido de hierro". Central America Data. September 27, 2013.
  21. "Planta de óxido de hierro abrirá nuevos mercados al sector minero hondureño". Diario La Prensa. February 27, 2020.
  22. "Invertirán 120 millones de dólares en procesadora oxido de hierro en Honduras". Swissinfo. March 18, 2021.
  23. "Impacto socioambiental de la minería en la región noroccidental de Honduras a la luz de tres estudios de casos: Montaña de Botaderos (Aguán), Nueva Esperanza (Atlántida) y Locomapa (Yoro)" (PDF). Equipo de Reflexión, Investigación y Comunicación en coordinación con el Colegio para la Salud Pública y la Justicia Social de la Universidad de Saint Louis Missouri. June 2016.
  24. "No Holiday for Honduran Anti-Mining Activists Fighting for Freedom - Inequality.org". Inequality.org. Retrieved 2021-05-18.
  25. "Successful startup at Aceros Alfa - Russula". Russula. November 3, 2016.
  26. "Central America's choice: Pray for rain or migrate". NBC News. July 9, 2019.