Perfil energético – Suriname

Fonte: Global Energy Monitor

[English][español]

Esta página faz parte do Portal Energético para a América Latina de Global Energy Monitor.
Páginas relacionadas:

Matriz de combustível (combustíveis fósseis versus renováveis)

De acordo com dados do Suriname de 2020, 59,6% da energia elétrica foi gerada por hidrelétricas, 40% por combustíveis fósseis e 0,4% por energia solar.[1] O Suriname almeja manter sua participação de fontes renováveis na energia elétrica acima de 35% até 2030, de acordo com o plano atualizado da NDC (Contribuição Nacionalmente Determinada) para o país.[2]

Metas de emissões de gases de efeito estufa

O Suriname se comprometeu a não exceder os níveis pré-industriais em 1,5 grau Celsius, ao mesmo tempo em que segue um "caminho econômico para a descarbonização do desenvolvimento econômico sustentável".[3] O plano do Suriname para cumprir essas metas é concentrar-se em florestas, eletricidade, agricultura e transporte.[3]

Agências governamentais de energia e outros players principais

Ministério nacional de energia

O Ministério de Recursos Naturais é o responsável pelos programas e iniciativas de energia do governo.

Agências licenciadoras

O processo de licenciamento do Suriname está descrito em detalhes em um relatório do Banco Interamericano de Desenvolvimento, o ESIA (Avaliação de Impacto Ambiental e Social para Projetos de Infraestrutura de Energia).

Empresas concessionárias de energia elétrica

O foco atual da EBS, empresa nacional de eletricidade do Suriname (NV Energie Bedrijven Suriname) é em melhorar a confiabilidade e sustentabilidade da eletricidade.[4]

Companhia petrolífera nacional

A Staatsolie é a empresa nacional de petróleo do Suriname.

Agências regulatórias

A EBS e a Staatsolie são responsáveis por seus próprios processos regulatórios.[5]

Dados de emprego do setor de energia

Das pessoas empregadas no Suriname em 2020, 23,49% trabalhavam no setor industrial (compreende mineração, pedreiras, manufatura, construção, eletricidade, gás e água).[6]

Uso de eletricidade

Capacidade instalada

Em 2020, a capacidade elétrica instalada do Suriname era de 503,4 MW.[1]

Mix de geração de eletricidade em 2020, fonte: ETI

Produção

O Suriname gerou 328,5 GWh de energia elétrica em 2017.[1]

Demanda

A demanda de pico de energia elétrica em 2018 foi de 215,4 MW, e 97% da população tinha acesso à energia elétrica.[1]

Consumo

Em 2020, o setor industrial consumiu 48% da energia elétrica, o residencial respondeu por 33% do consumo e o comercial, por 19%.[1]

Carvão no Suriname

O Suriname não produz, consome, importa ou exporta carvão.[7]

Petróleo e gás natural no Suriname

Produção de petróleo bruto de 2016 a 2021, fonte: Trading Economics

Produção interna nacional

De acordo com os dados de 2018, o Suriname produziu 17.000 barris/dia de petróleo bruto, com 84,2 milhões de barris de reservas comprovadas de petróleo bruto.[8] O Suriname importa 7.571 barris por dia de produtos petrolíferos refinados (informações relativas a 2015).[8] O Suriname não produziu gás natural em 2017.[8]

Consumo

O Suriname dos consome 13.000 barris/dia de produtos petrolíferos refinados (durante 2016). O Suriname não consumiu gás natural (dados de 2017).[8]

Importações e países de origem

O Suriname não importou petróleo bruto nem produtos derivados do petróleo em 2021.[9]

Novas fontes e projetos propostos

Cinco descobertas de petróleo e gás em alto aconteceram durante o ano de 2020, sendo que uma delas deverá começar a produzir petróleo em 2025.[10] É provável que o Suriname use os investimentos em petróleo e gás para impulsionar sua economia problemática.[11]

Transporte

A maior parte do petróleo do Suriname é transportada usando caminhões-tanque. Um oleoduto de 55 quilômetros da Staatsolie, conectando Saramacca ao terminal de exportação Tout Lui Faut, entrou em operação em agosto de 1992.[12][13]

Energia renovável no Suriname

As principais formas de energia renovável eram, de acordo com informações de setembro de 2020, a hídrica (180 MW), a solar (7 MW) e a biomassa (2 MW).[1] O Suriname está seguindo seu programa de Desenvolvimento de Energia Renovável, Eficiência Energética e Eletrificação do Suriname para promover a integração das energias renováveis. A energia solar provavelmente se tornará uma fonte de energia essencial dada a queda nos preços e as tentativas do Suriname em deixar de usar combustíveis fósseis.[14]

Impactos ambientais e sociais da energia no Suriname

Como resultado das mudanças climáticas, o Suriname vem sofrendo com erosão do solo intensa, chuvas fortes, inundações, temperaturas mais altas, ventos fortes e tempestades mais intensas.[3] Entre outros desafios ambientais que o Suriname enfrenta estão o desmatamento, a poluição da água pela mineração e a salinização da água potável.[15] O Suriname se comprometeu, em 2020, com um aumento de até 17% de suas áreas sob proteção.[16]

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 "Suriname Energy Snapshot" (PDF). Energy Transitions Initiative. September 2020.
  2. "Nationally Determined Contribution 2020" (PDF). The Republic of Suriname. December 2019.
  3. 3.0 3.1 3.2 "Suriname's climate promise, for a sustainable future". UN News. 2020-01-31. Retrieved 2021-05-24.
  4. Energie Bedrijven Suriname. "Projecten". nvebs.com (in Nederlands). Retrieved 2021-05-24.
  5. "Suriname Energy Situation". Energypedia. September 11, 2020.
  6. "Suriname - Employment In Industry (% Of Total Employment) - 1973-2020 Data – 2021 Forecast". tradingeconomics.com. Retrieved 2021-05-24.
  7. "Suriname Coal Reserves and Consumption Statistics - Worldometer". www.worldometers.info. Retrieved 2021-05-24.
  8. 8.0 8.1 8.2 8.3 "Suriname - The World Factbook". www.cia.gov. Retrieved 2021-05-24.
  9. "Suriname Exports of Crude Oil and Petroleum Products by Destination". www.eia.gov. Retrieved 2021-05-24.
  10. "Offshore Suriname to debut on oil stage in 2025". Argus Media. January 19, 2021.
  11. "Suriname Could Be Latest Big Oil Find as Industry Cuts Costs". New York Times. January 20, 2021.
  12. "Company Profile" (PDF). Staatsolie. 2018.
  13. "Staatsolie - About Us". www.staatsolie.com. Retrieved 2021-05-24.
  14. "What is the future of Solar energy in Suriname? - Energía para el Futuro". Energía para el Futuro. 2019-03-19. Retrieved 2021-05-24.
  15. "Suriname – Encyclopedia.com". www.encyclopedia.com. Retrieved 2021-05-24.
  16. "Latin America's wake up call: From pandemic to climate emergency". theglobalamericans.org. Retrieved 2021-05-24.